DISCUTIR E REFLETIR SOBRE A IMPORTÂNCIA DO CAMINHAR NAS CIDADES, MOSTRANDO TANTO O PANORAMA ATUAL DAS CIDADES MODERNAS QUE SE DESENVOLVERAM DE FORMA A DIFICULTAR O ANDAR A PÉ E OS SEUS EFEITOS NEGATIVOS, QUANTO AS INICIATIVAS, POLÍTICAS PÚBLICAS E ESTUDOS QUE JÁ ESTÃO INVERTENDO A LÓGICA DOS ESPAÇOS URBANOS AO PROMOVER CIDADES MAIS CAMINHÁVEIS.

SAIBA MAIS E VEJA OS SELECIONADOS

ABRANGÊNCIA

O “Pontapé” destina-se a iniciativas e projetos em mobilidade a pé em todo o território nacional. É dirigido à institutos, ONGS, grupos, organizações, movimentos, coletivos, indivíduos que já tenham alguma atividade em andamento em benefício da qualidade de vida e da mobilidade a pé nas cidades.

QUEM PODE SE INSCREVER

• Indivíduo
• Grupo
• Empresa
• Coletivo
• Organizações/ associações

QUAIS SÃO AS ATIVIDADES:

Qualquer atividade relacionada a mobilidade a pé e transformação do ambiente urbano que favoreça a caminhabilidade.

QUAL O FORMATO DE APRESENTAÇÃO:

As iniciativas selecionadas terão 8 minutos de apresentação com possibilidade auxílio de projeção de material audiovisual (opcional) para contar : Quem são? O que faz? Qual o objetivo? Como faz? Resultados até o momento.

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO:

O mesmo proponente poderá inscrever diversas iniciativas/ projetos, desde que separadamente, em formulários distintos.

A Organização do Evento e a CT de Mobilidade a Pé e Acessibilidade da ANTP poderão, a seu critério, solicitar ao proponente que complemente as informações fornecidas, condicionando sua aprovação para a apresentação do projeto ou iniciativa no “Pontapé”.

INSCRIÇÃO:

Os interessados em participar do “Pontapé” deverão inscrever as iniciativas/ projetos por meio do Formulário de Inscrição específico, disponível no aqui.

PRAZO DE INSCRIÇÃO:

Os participantes deverão enviar suas propostas exclusivamente via Formulário de Inscrição específico, do dia 19 de outubro de 2015 até a meia-noite do dia 05 de novembro de 2015. Somente serão recebidas e consideradas pela comissão julgadora as propostas enviadas dentro do prazo estabelecido e que atendam aos critérios designados neste Edital.

COMISSÃO JULGADORA:

Todas as iniciativas/ projetos inscritos serão analisadas por pela Comissão Técnica de Mobilidade a Pé e Acessibilidade da ANTP

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E SELEÇÃO:

Criatividade: o quão inovador é o projeto/atividade– 20 pontos
Replicabilidade: a capacidade de reproduzir o projeto/atividade em outras cidades – 20 pontos
Impacto: quais os impactos e alcances deste projeto/atividade – 20 pontos
Contribuição a mobilidade a pé: o quanto está contribuindo para a promoção da caminhabilidade – 20 pontos
Simplicidade: a capacidade de realizar com pouco recurso e de forma inteligente e eficiente – 20 pontos

Nota máxima: 100 pontos. Caso haja impate os critério acima estão em ordem de importância para desempatar.

Ao final serão selecionadas 12 iniciativas para se apresentar no Seminário a ser realizado nos dias 26 e 27 de novembro.

DIVLUGAÇÃO DAS INICIATIVAS SELECIONADAS:

A divulgação das 12 iniciativas selecionadas para se apresentarem no Seminário será realizada em 16 de novembro de 2015.